reVerbe neTLabeLs 2.1

Reverberando na freqüência da rede e animados pelos fluxos da criação livre trazemos para esta edição 2.1 do reVerbe neTLabeLs 2.0 o grupo África Lá em Casa [São Paulo] em três faixas, duas inéditas e uma versão alternativa. Na sequência do programa vocês ouvirão A Nave Vai, Troco pra 10 e Vegetal Frito na Manteiga e no Futuro. O nome Africa vem de uma base de pesquisa com músicas de matrizes africanas trazidas para um ambiente de pesquisa no cotidiano paulistano pelos músicos do grupo (Arnaldo: bateria; Rafinha: Guitarra; Guilerme: Baixo). Mais infos do África encontram-se aqui:

VIDEOS http://www.youtube.com/user/ggchiappetta
MYSPACE http://www.myspace.com/africalaemcasa



A gravação do programa foi registrado em vídeo e além do clip abaixo conta com mais três aqui
>>>>> reVerbe vidEos <<<<<

PARTE 2 – Reverberando diretamente da rede

AMADEUZ SIDE

Triangulizona, grupo croata de jazz contemporâneo transitando com elementos da eletrônica, saindo pelo excelente netlabel TEST TUBE português, em sua track Screaming. Fazendo o fundo sonoro para o programa de hoje, o artista de musica eletroacústica Alva noto, com a música Stalker que esta presente em uma coletânea em homenagem ao cineasta russo Andrei Tarkovski que saiu selo Excentrica.
Da netlabel Sofasound alemã, Swoiza com um trabalho publicado na coletânea mixtape 7, com um trabalho baseado em vocais femininos e incursões pelo universo da eletrônica, fundamentalmente trip hop numa linha que lembra de massive attack.

MARCIO BLACK SIDE

Nesta edição o suíço do D’Incise que distribuem pela Net Label italiana Zymogen Recs.

O quarteto napolitano de livre improvisação/electrojazz RumurHang distribuídos pela Edogm.

Destaque para a Net Label Lost Children que distribui principalmente grupos de post rock no caso escutamos Dawnshape, Charts and Maps, American Green.


África Lá em Casa: A nave vai from c.cachoeira on Vimeo.

CONCEPÇÃO E PESQUISA – AMADEUZ e MBLACK
REGISTROS FILMICOS – DANIEL DIAS
PRODUÇÃO MUSICAL – PIPO PEGORARO – ESTÚDIO Q

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *